É só uma paradinha...


Rafaela Amorim

por Rafaela Amorim

08/03/2021
É só uma paradinha...

Somos frequentemente convocados à fazer milhares de coisas ao mesmo tempo. Infinitas, ao longo do dia. Na semana, incontáveis; no mês, nem se fala... No ano, perdemos as contas! E achamos fantástico! Quem não sente orgulho ao chegar no final do dia com todas as "pendências" ticadas com um "ok"? Nos sentimos verdadeiros heróis, heroínas. Invencíveis, incansáveis! Mesmo que isso nos custe algumas cartelinhas de analgésicos ou mesmo relaxantes muscular. Ou quem sabe ansiolíticos, pra conseguir acalmar os pensamentos, que, por sinal, são muitos. Em um mundo que gira à mil por hora, somos diariamente convidados a nos movimentar na mesma proporção.
 
O nosso cotidiano é responder e corresponder às milhares de mensagens nas inúmeras redes sociais e acompanhar às inúmeras séries, realizar inúmeras atividades simultaneamente e sem se cansar. Estamos habituados a viver numa velocidade de 80km/h, todos os dias da semana, numa viagem que não tem radar. E por conta disso, muitas das vezes, ultrapassamos dos 80, dos 90 e até dos 100 ou mesmo dos 120km/h. Parar, pra quê? Parar, em nossa cultura, é sinônimo de perda de tempo!
 
E eis que, então, a Pandemia chegou. E precisamos brecar. Mas não pudemos frear gradativamente. Foi brusco. Foi inesperado. E foi inevitável. Paramos. Deixamos de sair. Abrimos mão de fazer coisas que exigem sair de casa. Paramos. Parar, estar em casa, significa olhar pra nós mesmos. Estar em contato conosco. Em um mundo em que estamos o tempo todo voltados para o externo, se voltar exclusivamente e drasticamente para o interno, na melhor das hipóteses, nos causa estranheza. 
 
Talvez, uma das maiores lições que a Pandemia tenha nos propiciado resgatar é a lição que Natureza já tentou, por outras vias, nos ensinar: a lição da necessidade de pausa. Ou você ainda não tinha parado pra refletir sobre o sentido das estações do ano e dos ciclos de espera para a chegada dos frutos?! 
 
 
 
 
 
 
Rafaela Amorim
Psicóloga, Especialista em Saúde Mental, em Terapia Analítico-Comportamental e em Arteterapia. 
CRP 03/13470

Veja também

Agende sua consulta

Convênios Aceitos

Como chegar


Holos Pituba

Rua Minas Gerais, 436 - Pituba. Edf. Sinduscon, 4°, 5° e 6° Andar | Salvador/BA

+55 71 3341.0001
+55 71 99190.9416

Holos Vilas

Rua Praia de Ondina, 58, Vilas do Atlântico, Referência: ao lado do Colégio Perfil

+55 71 3838.9595
+55 71 99290.5095