Conheça os 5 estágios do sono

Apesar de parecer um processo simples, o sono apresenta muito mais complexidade do que imaginamos. O sono era considerado um estado inerte e com a função única de repouso, no entanto, hoje se entende, hoje, que é um estado transitório que se alterna com a vigília (o estado desperto) e envolve diversos e complexos mecanismos fisiológicos e comportamentais que acontecem em várias regiões do sistema nervoso central.
Os estudos e monitoramentos do sono, juntamente com o avanço tecnológico que introduziu a polissonografia, revelou que o sono é composto por etapas e estágios onde podem acontecer intensas atividades do organismo, onda cerebrais, secreção de hormônios e consolidação da memória.
Por tanto, o sono se divide em dois principais estágios, o REM e o NREM, esse último se subdivide em quatro etapas, que são necessárias para o descanso do indivíduo e sensação de descanso, além da secreção do hormônio do crescimento para crianças e adolescentes. Normalmente, durante o sono, você passa por cada etapa até atingir o REM.
NREM: O nome é uma sigla derivada de Not Rapid Eye Moviment (Movimento não rápido dos olhos) e caracteriza a fase que corresponde a cerca de 75% do período de sono. Além disso, é dividido em quatro fases:
– Fase 1: Caracteriza-se pela fase do sono leve onde você ainda não entrou completamente no sono e pode ser facilmente ser acordado. Nessa fase podem ocorrer espasmos musculares. Os movimentos dos olhos e corpo desaceleram. Pode-se acordar no susto.
– Fase 2: O movimento dos olhos para e a medida do nível de atividade cerebral torna-se mais lenta, corpo e músculos começam a relaxar. Podem acontecer breves explosões de ondas cerebrais relacionadas a espasmos. Essa etapa agrega cerca de 50% do tempo de sono.
– Fase 3: É nessa fase que se inicia o sono profundo. As ondas cerebrais lentas e rápidas se combinam e pode ser muito difícil acordar alguém durante essa fase. Quando acordados, podem se sentir desorientados e perdidos antes de recuperar totalmente a consciência.
– Fase 4: Nessa fase continua-se no sono profundo e é predominado pelas ondas lentas delta. Essa etapa e a anterior são importantes para garantir que se sinta revigorado pela manhã.
REM (movimento rápido dos olhos): é onde a maior parte dos sonhos acontecesse e representa cerca de 20% do sono. É uma fase caracterizada pela intensa atividade cerebral, semelhante ao estágio de vigília. Por isso, a frequência cardíaca e a pressão arterial aumentam, há movimentos oculares rápidos e os músculos tornam-se imóveis. Apesar de não resultar em um descanso profundo, essa etapa é importante para as memórias de longo prazo e para garantir a normalidade do próximo ciclo de sono.
O sono é um importante mecanismo do corpo para garantir a manutenção do equilíbrio do organismo, das substâncias químicas no cérebro, consolidar a memória, regulamentar a temperatura corporal e o descanso e bem-estar.

Tags:
Categories:

Postado por Clinica Holos

tratamento de depressão

Deixar seu comentário

Please enter comment.
Por Favor digite seu nome.
Pro favor digite um e-mail.
Por favor insira um e-mail válido