O que é Vigorexia? Quando a busca pelo corpo perfeito pode pôr a saúde em risco

A sociedade atual vivencia um turbilhão de complexos associados à insatisfação no que se diz respeito a não aceitação da própria imagem. A cultura do “corpo perfeito” tem sido imposta pelas camadas sociais e isso vem nutrindo uma série de transtornos psicológicos e nutricionais. Nesse contexto, exploraremos o que é vigorexia, e o prejuízo causado para quem sofre dessa doença.

Mas afinal, o que é vigorexia? Como ela pode impactar na mente das pessoas e trazer tantos malefícios? A vigorexia, também chamada de dismorfia muscular ou anorexia reversa é um transtorno psicológico e alimentar, onde a pessoa tem uma visão distorcida da sua própria imagem, e busca meios de alterar o biótipo através de:

  • Prática exagerada de exercícios de musculação;
  • Uso de anabolizantes, suplementos e esteróides;
  • Dietas restritivas à proteínas, consumidas sem acompanhamento médico.

A vigorexia assemelha-se a anorexia devido a distorção que a pessoa tem da própria imagem. Entretanto, enquanto o anoréxico se enxerga forte e sente necessidade constante de emagrecer, o vigoréxico acredita que está fraca e com pouca massa muscular, apesar de possuir uma musculatura forte e corpo bem desenvolvido. Geralmente, pessoas vigoréxicas têm sentimento de inferioridade e insatisfação com o próprio corpo.

O que é vigorexia? Saiba os principais sintomas dessa doença

Dentre os sintomas mais comuns da vigorexia, estão:

  • Preocupação exagerada com o corpo;
  • Distorção da própria imagem;
  • Cansaço extremo;
  • Uso de diversos suplementos alimentares, anabolizantes e esteróides, a fim de aumentar a musculatura;
  • Intensa prática de exercícios físicos;
  • Ritmo cardíaco acelerado;
  • insônia;
  • Depressão e/ou ansiedade.

A busca pela perfeição pode comprometer a vida

Mas até que ponto a preocupação com estética pode ser considerada bom para a saúde? É natural que você queira cuidar da sua aparência física, mas o excesso de preocupação e o desejo de atingir o “corpo perfeito” tem levado muitas pessoas a adquirirem dismorfia muscular.

A ânsia pela musculatura bem definida e pela contemplação do belo exerce grande influência sobre quem sofre de vigorexia. Mudanças alimentares abruptas, sem acompanhamento nutricional atrelando o uso de suplementos, anabolizantes e esteróides à dieta, além de um ritmo rigoroso de atividades físicas, faz com que os vigoréxicos assumam um risco que pode comprometer sua saúde, pois:

  • A alimentação rica em proteínas, mas pobre em gordura e carboidratos, aliada a ingestão de suplementos afeta rins, fígado, além de oscilar as taxas de colesterol e glicemia;
  • O excesso de atividade física pode gerar insônia, irritabilidade, dificuldade de concentração e falta de apetite;
  • O uso de anabolizantes provoca hipertrofia, doenças cardiovasculares, disfunção sexual e alteração da voz.

Tratamentos indicados

Existem alguns tratamentos essenciais para combater a vigorexia:

  • Psicoterapia individual e/ou em grupo (familiares, amigos e pessoas próximas, por exemplo, podem ajudar o vigoréxico a superar a doença);
  • Suspensão de anabolizantes e esteroides;
  • Uso de medicamentos para controlar a ansiedade, estresse e compulsão por exercitar-se;
  • Consulta com o nutricionista, imprescindível para equilibrar a dieta (repor vitaminas e nutrientes necessários), minimizando ou sanando os problemas nutricionais existentes, e eliminando possível sobrecarga do fígado;
  • Acompanhamento psicológico, muito importante para auxiliar a pessoa em relação a percepção que possui do próprio corpo, e ajudar no enfrentamento dos desafios da mudança de hábitos.

Se você já sabe o que é vigorexia, agora é preciso estar atento aos sinais desse transtorno para poder ajudar seus amigos, familiares ou até você mesmo, pois a não aceitação da doença pode tardar o tratamento. Isso pode implicar em danos maiores para o organismo e para a saúde psíquica.

Leitura indicada:

Saiba porque fazer terapia pode ser a melhor solução!

Tags:
Categories:

Postado por admin

Dicas de como manter um relacionamento saudável
Relacionamentos virtuais: Os perigos do namoro online!
Saiba o que é terapia bioenergética e quais os benefícios desse tratamento!
Conheça os tipos de depressão e suas principais características