Preciso desabafar com alguém urgente!

Quantas vezes sua alma já gritou desesperadamente “preciso desabafar” ou “não conseguirei continuar de pé”, mas ainda assim você não buscou ajuda?

Expressar a forma como nos sentimos através das palavras é algo desafiador, pois não depende apenas de termos autoconfiança para expor nossos incômodos, mas necessariamente é preciso encontrar empatia em quem nos ouve.

Em meio aos conflitos diários, principalmente diante daqueles que parecem não ter solução e são “sugadores” de energia, a comunicação é uma das ferramentas mais eficazes para manter uma vida saudável e ter a mente livre das angústias.

Expressar o que pensamos e falar sobre os problemas que nos afligem é uma boa maneira de evitarmos doenças psíquicas ou emocionais como depressão e ansiedade.

Desabafar é benéfico à saúde pois ajuda a:

  • Ressignificar os medos e angústias;
  • Criar novas alternativas para a solução de um problema;
  • Olhar a vida com mais positividade;
  • Diferenciar e redimensionar sentimentos.

Como solucionar conflitos internos?

Existem momentos na vida em que tudo que precisamos é desabafar com alguém, contar com o apoio de pessoas que nos amam. Isso não significa que elas irão concordar com tudo que dissermos ou não irão se opor a determinados pensamentos ou motivações, mas que irão nos ajudar a nortear as situações conflitantes.

Amigos e familiares geralmente são as pessoas mais indicadas à prestar socorro nos momentos de crise. Dizer-lhes: “preciso desabafar”, não soará como sinônimo de fraqueza, mas irá denotar a confiança que depositamos neles, aumentando ainda mais a proximidade, e possibilitando-os a:

  • Nos confortar e confrontar quando preciso;
  • Ouvir atenciosamente;
  • Dar conselhos;
  • Apontar os erros e nos incentivar a seguir em frente.

Toda a demonstração de afeto e compreensão, assim como as “broncas”, são muito importantes para nos ajudar diante dos conflitos internos. Mas, existem casos específicos que não basta apenas contar com o apoio do ciclo de amizade ou dos entes queridos. É preciso buscar tratamento psicológico para amenizar a dor, fortalecer o emocional e solucionar os problemas.

A importância do acompanhamento especializado quando é preciso desabafar

Sem dúvida, quando passamos por aflições, o amparo das pessoas mais próximas faz toda a diferença. Principalmente se eles são capazes de compreender nossos anseios e dar apoio moral em meio aos dilemas da vida. Mas, nem sempre a ajuda oferecida é suficiente. É importante que, para além de ouvir, a pessoa esteja pronta para acolher sem julgamentos.

Existem conflitos que, por mais simples que pareçam, necessitam de intervenção profissional, pois conseguem nos desestabilizar física e emocionalmente. Nesse momento de fragilidade é preciso reconhecer nossa incapacidade de lidar com os problemas e pedir socorro – “Não aguento mais, preciso desabafar urgente!”

Um amigo, um conhecido ou até mesmo um parente, podem e devem oferecer o ombro para chorar e enxugar suas lágrimas, mas o psicólogo ou psicoterapeuta conseguem, por meio da terapia, fazer com que você enxergue os aspectos obscuros. Isso é possível porque esses profissionais dispõem de:

  • Ferramentas necessárias para descobrir a raiz dos problemas que afligem os pacientes;
  • Técnicas para estimular a autoconfiança e impulsionar as pessoas a serem mais produtivas e viverem mais felizes;
  • Conhecimento para entender a mente humana para ajudar a moldar conexões neurais e padrões de comportamento.

Preciso desabafar: a terapia é o local apropriado para isso!

Às vezes, as pessoas deixam de buscar ajuda profissional por temer dividir sua intimidade com alguém que não conhece, ou devido ao preconceito que ainda existe com as pessoas que recorrem ao tratamento psicológico. Mas, a terapia é um espaço ideal para:

  • Abrir os horizontes;
  • Buscar alívio da dor psicológica;
  • Refletir sobre ações e posicionamentos inadequados;
  • Dividir as angústias e frustrações, sem sofrer julgamento;
  • Restaurar a saúde psíquica, abalada pelo estado emocional;
  • Aprender a enfrentar o medo de falar o que sente; e,
  • Estabelecer a comunicação eficaz quando o conflito é gerado pelos relacionamentos interpessoais.

É por meio da fala do paciente que o terapeuta consegue entender os conflitos existentes e oferecer o devido suporte emocional, ajudando-o a superar as crises. Então, se você está envolvido por um turbilhão de emoções que estão causando angústias, procure um terapeuta e converse a respeito.

Leitura indicada: “A psicoterapia pode ser a cura para problemas emocionais

Deseja marcar uma consulta com um dos nossos terapeutas? Acesse aqui: http://clinicaholos.com/agendar-consulta/

Tags:
Categories:

Postado por admin

Deixar seu comentário

Please enter comment.
Por Favor digite seu nome.
Pro favor digite um e-mail.
Por favor insira um e-mail válido