Agende agora a sua consulta por telefone. ✆ Ligue para (71) 3345-4545

A importância de estimular brincadeiras com as crianças

Se para os adultos é difícil imaginar a vida sem acessos ao smartphone ou tablet, imagine para crianças que já nasceram dentro desse contexto e não tiveram oportunidade de conhecer outra realidade além dessa. Brincadeiras infantis que marcaram a vida dos pais e foram determinantes para sua formação como indivíduos agora não passam de atividades estranhas aos olhos dos pequenos nascidos na era digital. Mas vale a pena estimular as antigas brincadeiras de crianças para nossos filhos? A resposta é SIM!

Se pensarmos nos benefícios dessas atividades, a primeira vantagem que podemos destacar está associada ao bem estar físico: cercada de vídeo games, computador e aplicativos de celular, as crianças de hoje não se movimentam como as de antigamente. As relações e brincadeiras são resumidas a serem realizadas geralmente sentadas, na maioria das vezes com uma postura altamente prejudicial aos pequenos. Uma infância com poucos exercícios pode resultar numa vida adulta com doenças como osteoporose, doença conhecida pela perda de massa óssea.

Além disso, as brincadeiras possuem um papel muito mais complexo do que podemos imaginar: elas trabalham diretamente a percepção motora, equilíbrio e orientação espacial da criança, além de serem fundamentais no desenvolvimento das relações interpessoais das crianças. O toque e a aproximação física proporcionada por brincadeiras como pega pega, amarelinha e esconde-esconde significam muito mais do que podemos imaginar.

Tags:
Categories:

Rotular alguém é limitar as suas capacidades

Rotular: verbo transitivo direto
1. Fixar rótulo, etiqueta, adesivo em; etiquetar.

Muitas vezes rotulamos as pessoas sem dar o merecimento ao que elas realmente são. Rotular alguém é dar um valor menor ou maior por conta das limitações, e isso impede o desenvolvimento da capacidade dessa pessoa.

Imagine que uma pessoa está dentro de uma garrafa, onde lhe é colado um adesivo enorme. Nesse adesivo vem escrito o nome, para o quê e onde foi feito. Esse rótulo é o que vai determinar o resto da vida de quem tá ali.

A falta de conhecimento, a ingenuidade ou a inocência geram o hábito de estereotipar as pessoas. Rotular é limitar, fazer com que uma pessoa e todos os seus sentimentos, ações e qualidades sejam definidos por apenas uma característica.

Nós somos pessoas, seres humanos mutáveis, e não garrafas. Evite rótulos!

Tags:
Categories: