Agende agora a sua consulta por telefone. ✆ Ligue para (71) 3345-4545

Dia do psicólogo: veja como esse profissional pode auxiliar você!

No dia 27 de agosto é comemorado o dia do psicólogo. Mas, o que faz um psicólogo, você sabe? Bom, para começar sugiro que você vá para frente de um espelho e se observe. Para a sua imagem refletida, questione: quem é você?

Somos a soma de tudo o que vivemos desde o momento que somos concebidos. A nossa mente tem a maravilhosa capacidade de gravar e esquecer todos os fatos, todos mesmo, desde aquele que você considere o mais insignificante até aquele que te faz suspirar ao ser lembrado.

Esse movimento do lembrar e esquecer é necessário, pois é dele que advém a nossa inteligência e criatividade. Aprender ou viver algo pela primeira vez é criar uma nova ligação entre áreas que nunca foram conectadas antes. E, para criar novas conexões, é preciso ter sempre espaço de sobra na memória. É justamente esse material, o objeto de trabalho do psicólogo. 

Dia do psicólogo: o que faz esse profissional?

A psicologia é a ciência que estuda a mente humana. A palavra psicologia provém dos termos grego “psique” (alma) e logia (estudo), portanto trata-se do estudo da alma. O “estudo da alma”, no caso, diz respeito aos fenômenos, memórias e vivências de cada pessoa, e não no sentido místico ou religioso. Logo, o foco está em aspectos como: sentimentos, conflitos, pensamentos, e a relação desse paciente consigo próprio e com a sociedade.

O ser humano é biopsicossocial. Isto significa que o homem tem os seus aspectos biológicos, psicológicos, e sociais. O trabalho do psicólogo é fundamentado nos dois últimos campos: o psicológico (associadas a psique e a afetividade) e o social ( a relação com as outras pessoas e a sociedade). Desta forma, podemos dizer que psicologia visa oferecer ao paciente/cliente uma compreensão maior acerca dos seus sentimentos, pensamentos e ações, como também, o tratamento para enfermidades e sofrimentos psíquicos. Ajudando-os a encontrar novos caminhos, o alívio para dores da alma,  a aceitação para o que não é passível de mudança, o desenvolvimento pessoal e até a cura ou o manejo de sintomas para pacientes portadores de transtornos mentais. Ressaltando, que a compreensão partirá do paciente cabendo ao psicólogo o papel de mediador desse processo. 

Quais as áreas de atuação de um psicólogo?

É importante salientar que o psicólogo não atua apenas em consultórios ou hospitais. Conforme os estudos científicos avançam surgem mais conhecimento e, consequentemente, campos mais específicos na psicologia. Deste modo, a atuação de um psicólogo é vasta, podendo o profissional trabalhar nas mais diversas áreas, como: 

  • clínica;
  • escolar;
  • hospitalar;
  • empresarial;
  • institucional;
  • jurídica, e;
  • em equipes multidisciplinares. 

Além de poder utilizar abordagens diferentes frente a áreas escolhidas para atuação, como: behaviorismo, psicanálise, humanismo, entre outras.

Diante de um campo tão vasto para atuação, pode se dizer que o papel da psicologia na sociedade é o de conscientizar e auxiliar o indivíduo a chegar a um saber crítico sobre si e sobre a sua realidade. Aproveito o dia do psicólogo e convido vocês, mesmo não tendo uma queixa sintomática, sofrimento emocional e uma angústia latente, mas que queiram se sentir mais realizados e satisfeitos com sua vida a experimentarem um simples instrumento. A palavra e a escuta.  

Depois de aprender sobre o dia do psicólogo e o trabalho que esse profissional exerce, acesse o site da Clínica Holos para descobrir mais sobre os nossos tratamentos!

 

Paula Medeiros
Psicóloga
Clínica Holos de Saúde e Desenvolvimento Pessoal

Tags:
Categories:

Utilizando a Terapia Cognitiva para emagrecer

A Terapia Cognitiva se baseia no conceito de que os nossos pensamentos afetam diretamente o que sentimos e fazemos. Quando sentimos fome, em seguida vem o pensamento irracional de que essa sensação é ruim e que não pode ser tolerada, que é necessário comermos. Isso causa uma forte ansiedade e nos direcionamos em busca de comida.

Com a ajuda de um profissional, é possível que seja construída a ideia de que, ao sentirmos fome, podemos esperar e aguardar umas duas horas, por exemplo. Afinal, pode não ser uma necessidade e sim um desejo. Talvez, o prazer que teremos comendo agora será muito curto, quando comparado com os pensamentos que virão após comer demasiadamente, ou até o peso a mais que iremos ganhar todas as vezes que vem a sensação da fome.

A Terapia Cognitiva ajuda a identificar esses pensamentos irracionais (e sabotadores) e a lidar com eles de uma forma funcional, de forma produtiva para cada indivíduo.

Fique bem!

Tags:
Categories: